Institucional
Facilidades

Rua Frei Martinho, 237 - Jaguaribe

João Pessoa - PB | CEP 58.015-100

(83) 3221-5819

  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Google+ App Icon

© 2016 por Executiva Assessoria em Mídias Digitais

www.executivapb.com.br

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Quinta edição da Campanha Maio Amarelo começou nesta semana

7 May 2018

A quinta edição do “Maio Amarelo” foi lançada nesta quarta-feira (2). Durante todo o mês de mobilização pela redução de vítimas de trânsito, o Congresso terá iluminação especial e nesse período, haverá ações coordenadas entre poder público e sociedade civil.

 

O lema da campanha deste ano, “nós somos o trânsito”, busca conscientizar sobre a importância da participação de todos em prol da segurança viária: órgãos e agentes de fiscalização, motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

 

O coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), lembra que a Lei Seca completa 10 anos em junho e, nesse tempo, além da redução do número de mortes, houve a conscientização de toda uma geração de motoristas. “Essa geração que tem 18, 20 anos já tem a cabeça modificada, já tem a perspectiva de beber e não dirigir”, destacou.

 

Campanha
O superintendente de trânsito do Departamento de Estradas e Rodagem do Distrito Federal, Carlos Alberto Spies, explicou que a campanha é coordenada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), com a participação de todos os órgãos de trânsito.

 

Ao longo deste mês, ações educativas e de fiscalização serão intensificadas para conscientizar a população, principalmente em relação ao uso de bebidas e entorpecentes pelos motoristas. “Para aqueles que insistem em dirigir sob o efeito de alguma bebida, a gente orienta: vamos estar nas ruas fiscalizando. Precisamos reduzir o número de acidentes e trazer segurança para a população”.

 

Mortes
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil ainda é o quinto país mais violento no trânsito, com 234 mortes por ano a cada 100 mil veículos, atrás de Índia, China, Estados Unidos e Rússia.

 

Segundo a organização, quando os acidentes envolvem motocicletas, o Brasil é o segundo com mais mortes, com cerca de 7 casos de óbito para cada 100 mil habitantes, perdendo apenas para o Paraguai, que tem 7,5 mortes para cada 100 mil habitantes.

 

Reprodução: Agência Câmara

Fonte: Agência FenaPRF

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Notícias