Institucional
Facilidades

Rua Frei Martinho, 237 - Jaguaribe

João Pessoa - PB | CEP 58.015-100

(83) 3221-5819

  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Google+ App Icon

© 2016 por Executiva Assessoria em Mídias Digitais

www.executivapb.com.br

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Entidades sindicais e deputados discutem PEC da Reforma

13 Jan 2017

 

Deputados Federais e representantes de entidades sindicais de todo o país se reuniram na tarde desta quarta-feira na Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados. O encontro aconteceu para definir diretrizes e ações de luta contra a Reforma da Previdência, iniciada no final do ano passado.

 

De acordo com a reforma da previdência social, iniciada pelo Governo Federal em 2016, as carreiras policiais serão igualadas com as demais para fins de aposentadoria e terão de cumprir. Segundo as novas regras, para obter aposentadoria integral, o policial terá de contribuir por 45 anos, aposentando próximo aos 70 anos de idade, excedendo a previsão de expectativa de vida do policial no Brasil que fica abaixo dos 60 anos.

 

O deputado Chico Lopes (PCdoB/CE) abriu a Comissão de Legislação Participativa para que seja discutida e desenhada uma emenda à proposta de Reforma da Previdência, de forma a barrar a perda de direitos dos trabalhadores brasileiros. “O deputado Arnaldo Faria de Sá sugeriu que fosse feita uma proposta de cunho popular, mas também pode ser feito pela comissão, acho que é mais fácil. Vamos usar essa ferramenta. Ela (comissão) está aqui para isso, ser usada em favor da população”, afirmou o parlamentar.

 

Representando a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais e os servidores da segurança pública brasileira, o vice-presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, afirmou que os PRFs podem ter papel importante na discussão. “Não tem como você pensar que um policial vai ter condições de trabalhar em uma rodovia por 40 anos carregando de 15 a 20kg de equipamentos no corpo. Nos colocamos à disposição da comissão e de todo para contribuirmos com esse debate contra o maior golpe em curso no País, que é a reforma da Previdência”, finalizou.

 

 

Fonte: Agência FenaPRF

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Notícias